Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


POLÉMICA NO FUTEBOL POPULAR

por ., em 01.10.07

Neste momento a maior polémica no Futebol Popular é as novas regras instituídas pela Associação de Futebol Popular de Guimarães, mas propriamente pelo seu Presidente João Araújo. Este que cumpre o seu último mandato na presidência da AFPG, decidiu no seu derradeiro mandato por os clubes a tossir.

 

Todos os clubes ficaram apreensivos e desassossegados com estas novas regras que só impõem euros, mais nada que isso, mas alguém tem que equilibrar as contas da AFPG, alguém tem de pagar a factura e quem vai pagar, são os clubes, igual como acontece com o Governo mais aí quem paga é a população.

 

Neste Futebol Popular onde ninguém nos clubes de futebol ganha dinheiro, na maior parte das vezes directores e jogadores ainda pagam para praticar futebol amador, este senhor decide vir aos bolsos dos que nada ganham com o futebol, para proteger uma associação que andou anos a esbanjar dinheiro e agora num ano tem de recuperar as contas de todo um passado, porque as despesas são sempre as mesmas: o computador que esta constantemente avariado ou a fotocopiadora, ou mesmo da tv por cabo que possui a Associação, depois as continhas de telemóvel, e sei lá mais o quê, já não há mais paciência, para este tipo de ditaduras.

 

Um clube parece que vai levar este caso as varas do tribunal, devido a não achar correcto as deliberações do senhor poderoso, decide de manhã  acordar que vai mudar as leis existentes naquela associação e vai disso, sem consultar clubes de Futebol, mas parece que alguém teve coragem de desafiar o senhor Presidente do Futebol Popular. Aquele que á bem pouco tempo foi indemnizado por levar um jogador a tribunal por ter sido difamado em público, a notícia no jornal Primeira Pagina foi a seguinte: Custou caro difamar o Presidente da AFPG. Esse dinheiro foi pra onde?Só para custas de tribunal !!!


 

Está a ler o seguinte artigo: Custou caro difamar presidente do Popular

Futebolista do São Cristóvão na barra do Tribunal.

 

O futebolista José Manuel de Castro Abreu esteve presente, no  Tribunal Judicial de Guimarães, para responder num processo de calúnia qualificada, dirigida ao presidente da AFP Guimarães, João Araújo. As palavras menos próprias e atentórias à dignidade do visado, foram proferidas em Junho de 2004, no final do jogo da Super Taça “Zé Manel”, entre Nespereira e S. Cristóvão. A equipa de Nespereira venceu a partida  e o referido jogador, que  tinha sido expulso, aproveitou para, no exterior das 4 linhas e no momento da entrega dos troféus,   descarregar a sua ira, sobre o presidente da AFPG. João Araújo não gostou do que ouviu e moveu-lhe um processo-crime, por difamação e injúrias, de forma que ele provasse em Tribunal, o que havia afirmado em “praça pública”.
 
José Manuel de Castro Abreu apresentou-se, no dia de ontem (13 de Junho), no  2º Juízo Criminal para ser julgado. Os advogados das partes em litígio (Avelino Marques, que representava João Araújo e o defensor oficioso do arguido) depois de muito insistirem, conseguiram demover  João Araújo da sua intenção em ir até às últimas consequências.   João Abreu livrou-se de ser submetido a julgamento mas não se livrou de pagar as custas e despesas  do processo,   que andarão muito próximo dos 1600 €uros. “Um exemplo para outros que, muitas vezes, em vez de reconhecerem o trabalho daqueles que o fazem por carolice, enxovalham-nos em plena praça pública, sem medirem as palavras”, foi por muitos declarado.

 

Neste momento importante era os clubes se unirem, sei que alguns não lhes convêm, mas aqueles que não têm o rabo prezo deviam contestar este euromilhões  de regras que passo aqui a descrever.

 

Dirigentes: (Aqueles que na maior parte das vezes mete alguns euros no clube do coração).

 - Insultos à Equipa de Arbitragem – de 1 a 3 jogos, multa de 50,00 € a 150,00 €.

( Lá vai metade do ordenado mínimo)

-Agressão à Equipa de Arbitragem – Multa de 150,00 € a 300,00 €

 

 - Expulso do Banco ou considerado expulso no final do jogo – de 1 a 2 jogos e multa de 35,00 € ( Lá vem o senhor do apito mal disposto ou não gosta da cor de olhos do dirigente)

- Insultos a atletas ou dirigentes adversários – 1 a 2 jogos, multa de 35,00 € a 60,00 € ( Andem todos aos beijos e abraços se não uma frase mal dita por esses senhores de preto muito bem formados e lá vai mais uma)

Agora vamos para aqueles que praticam este desporto por amor: os Atletas:

 - Cartão Vermelho por insultos á equipa de arbitragem – de 1 a 4 jogos – Multa de 20,00 € a 50,00 €. ( Senhor arbitro é falta !!!, vermelho e multinha)

- Cartão Vermelho por agressão à Equipa de Arbitragem – de 6 a 24 meses de Suspensão – Multa de 150,00 € a 300,00€ ( Cuidado quem tiver cabelo comprido e tocar no arbitro pode ser considerado agressão, não faz mal quem paga o clube).

Alguns clubes que pensaram em desistir com certeza para o ano não têm duvidas quanto á sua continuidade se em condições normais era difícil, imagino agora nestas.

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:23


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Arquivos

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D