Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



FIM DE MANDATO - AFPG

por ., em 12.04.10

 

Direcção da Associação de Futebol de Guimarães está prestes a terminar o mandato de duas épocas Desportivas, a direcção liderada por Arlindo Costa neste mandato arrolou algumas mudanças na AFPG, desde as instalações que se mudaram do centro da cidade para Covas mais precisamente para as antigas instalações do ARCOV, por uma situação de comodidade pelo facto do Presidente Arlindo Costa viver muito próximo da actual sede. Mas este mandato de Arlindo Costa fica marcado pelo abandono da Associação Juvenil de Nespereira para o Futebol Regional pelo facto do castigo impetuoso ao Clube e atletas, com muitos deles a ser castigados durante 12 meses, o que levou o clube de Nespereira acelerar o processo de participar nos Campeonatos organizados pela Associação de Futebol de Braga, com este afastamento ficaram por realizar duas Taças de elevada importância no Futebol Popular Vimaranense que glorificam dois homens que tiveram um papel considerável na evolução e organização do Futebol Amador Vimaranense falamos de José Manuel e João Fernandes, mas também ninguém ficou indiferente á ausência do Presidente no jogo realizado em Atães para a Taça Cidade – Berço, bem como a organização do mesmo em que a falta de policiamento é indispensável neste tipo de ocasiões. Já por algumas vezes houve jogos que não finalizaram e foram suspensos antes do final da partida por vários motivos, isto tudo torna o Futebol Popular mais pobre e põe em causa a seriedade deste Desporto Amador em que alguns clubes já não acreditam e se interrogam na continuidade ou no regresso de participar nos Campeonatos organizados pela AFPG, muitos clubes aclamam por uma nova candidatura de João Araújo á Presidência da Associação de Futebol Popular de Guimarães, mas ao que sabemos uma situação irrealizável afirmada pelo antigo Presidente em declarações ao nosso blog, mas o facto é que existe gente cansada da organização actual da AFPG, arbitragens facciosas e nomeações fictícias dos juízes de jogo, estão na origem de alguns clubes considerarem por um fim no Futebol Popular, o que é certo que muitos clubes abandonaram participar no Futebol Popular, casos do Grupo Desportivo e Recreativo de Aldão, Praça Futebol Clube, São Lourenço e Nespereira, o que provocou os campeonatos mais desfalecidos, mais propriamente a segunda divisão que de uma época com 14 equipas no ano passado foi reduzido para 9 pelos factos que já nomeamos.

Esperamos que o Futebol Popular depressa tome o seu rumo, mormente neste final de época em que os ânimos se alteram devido aos clubes planearem atingir os seus objectivos, para isso é preciso acautelar uma estrutura  responsável por parte de quem manda na AFPG.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:25



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2010

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Arquivos

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D